Monday, April 24, 2006


Liberdade

66791161_3fc1c4aa95 From Dοrοta

From Dοrοta in www.flickr.com

Todos os dias são dias para se falar de liberdade, especialmente quando este direito, nas suas diferentes formas, é agredido, restringido ou ameaçado.


Independentemente do conceito político-filosófico em que possa assentar, a liberdade, é reconhecida como parte integrante dos Direitos Humanos e surge em associação aos sistemas políticos democráticos, sendo consagrada expressamente nas várias Constituições.


A liberdade tem três dimensões: física, psicológica e espiritual. A escravatura condiciona a liberdade física, a dimensão mais visível da liberdade. As molduras em que fomos educados – sistema educacional, Religião, ideologias – podem tornar-nos psicologicamente dependentes, se não desenvolvermos um sentido crítico, uma capacidade de formar opiniões e juízos que podemos actualizar à medida que recebemos mais informação do exterior. A liberdade espiritual prende-se com a pura consciência e com o exercício da meditação que nos leva a separar do corpo físico e a limpar a mente de pensamentos a fim de alcançar a transcendência – é a dimensão da liberdade menos explorada.


Actualmente, o que mais me impressiona é o paternalismo do poder que se julga no direito de escolher aquilo a que podemos ou não aceder, as tentativas de tolher as consciências dos indivíduos por forma a direccioná-las num ou noutro sentido, desde que esteja de acordo com o que alguém estabelece como bom e desejável.


Aconteceu entre nós no chamado Estado Novo, ainda acontece um pouco por toda a parte com a manipulação dos media (não vamos fingir que isso não acontece), com os lobbies e jogos de poder, e continua a acontecer um pouco por todo o mundo, sendo os casos mais flagrantes e recentes o da China e o dos Emirados Árabes Unidos que controlam censuravelmente o acesso dos seus cidadãos à Internet.


Sendo adepta de uma ideia de liberdade que se distancia da permissividade e antes implica responsabilidade e respeito mútuo, custa-me que as “nações civilizadas” pactuem com este tipo de atitudes do poder instituído, apenas porque valores económicos e materiais falam mais alto.

66713306_c5bb4432eb From Tsunami Notes

From Tsunami Notes in www.flickr.com

Liberdade significa a capacidade de dizer sim quando é necessário um sim, dizer não quando é necessário um não, e às vezes ficar calado quando é necessário - ficar em silêncio. Quando todas as dimensões possíveis são aproveitadas, a liberdade existe.

OSHO


15 comments:

Anonymous said...

.. nesta manhã, doutro azul, agora adormecido, pergunto:
- Onde estás tu, meu capitão?
[…]
- Onde estás tu, meu amor?

adesenhar said...

O meu aplauso vai para o ti.
parabéns pelo post.
e
Viva a Liberdade.

:)

Isabel-F. said...

Parabénspelo teuPost...

Liberdade...afinal o que é ela???

passa no meu sítio e diz-me o que fazias em 1974....

bjs

a lice said...

Beijinhos e um cravo, com liberdade!

Caracolinha said...

Viva a LIBERDADE querida e todos os valores que as ports de Abril abriram ...

Fica uma beijoca encaracolada em forma de cravo vermelho !!!!

Desconhecida said...

Belo post sobre a liberdade. Liberdade é viver a vida ao sabor dela mesma!

Clife said...

Tenho de dar-te os parabéns por este post (:

beijinhos ***

Eva said...

Gostei de ler o teu post!!

Concordo plenamente "todos os dias são dias para se falar em liberdade!

jinhos de uma Eva para outra

Wakewinha said...

Eu já alguma vez te disse que adoro cada abordagem analítica que fazes aos temas que aqui encontro? É viciante ler-te. E apesar de eu não me ter passeado pela blogosfera nestes últimos tempos por falta de disponibilidade (graças aos compromissos familiares), te garanto que não fecho a página antes de ler o resto, porque já vi que perdi temas muito bons.

Quanto à liberdade, tudo é questionável. Talvez ainda hoje não a tenhamos em toda a sua plenitude...

Para ti um beijo enorme por me dares tanto prazer de te ler*

Mocho Falante said...

ora pois temos mesmo é de acarinhar a liberdade porque foi bem penoso consegui-la, mas às vezes parece que andamos esquecidos

Beijocas

Parrot said...

Eva,

Não consegui aqui deixar o meu post ontem....vai hoje acompanhado de um beijo a mais. :-)

Concordo...."...às vezes ficar calado quando é necessário - ficar em silêncio"

Beijos

xá-das-5 said...

Pois Evita, parece que nestes últimos dias andamos às candeias.
Acho realmente piada ao conceito da liberdade.
Até à própria palavra. É gira. Tem força.
Pena é que a liberdade seja um atributo dos loucos ou dos idiotas. Só eles a têm. Só eles a acarinham e a percebem.
Todos nós, "seres livres", andamos por aqui.
e nem quero mesmo ir mais além.

Maria said...

Infelizmente a liberdade encontra-se muitas vezes ameaçada por actos mesquinhos de pessoas sem escrupulos, no século XXI a escravatura existe sob diversas formas e a dificuldade em acabar com a exploração do ser humano pelo ser humano tem-se vindo a intensificar.

Na dimensão liberdade de pensamento, cada um de nós é apenas limitado pelo seu background cultural e pela sua vivência.

Beijocas

kiko said...

Boa posta sobre noções libertárias que, quanto a mim, não existem sequer nos paises que lhe fazem apologia. Ok, liberdade de comentar, de expressar, existe claro, e é bem diferente da inexistente em sistemas políticos totalitários e intolerantes, mas, não estaremos nós a precisar de um pouco mais de liberdade, sem a tal manipulação de que falas, sem a necessidade de dirigir as massas, tentando que elas deixem de pensar por si!? Não será esta também uma forma limitadora de ver a liberdade?

beijo

Eva Shanti said...

A Desenhar,
Isabel,
Alice,
Caracolinha,
Desconhecida,
Clife,
Eva,
Mocho,
Xá,
Maria,
Kiko


A tendência é sempre definir a liberdade pela negativa - nisso talvez todos concordemos. Condicionantes? Temos tantos! Uns auto-impostos, outros que se nos impõem, às vezes sem termos bem essa noção.

A manipulação é outro fenómeno humano. É difícil combatê-lo.

Acredito na força das ideias e no desenvolvimento de um espírito crítico.

Parrot,

Estás aperdoado!

Wakewinha,

Obrigada! Se sou um vício, então que seja um vício bom!

Bjs a todos!