Saturday, March 11, 2006

Sexualidade



É "uma energia que nos motiva a encontrar amor, ternura e intimidade. Ela integra-se no modo como nos sentimos, movemos, tocamos e somos tocados. É ser-se sensual e ao mesmo tempo ser-se sexual. A sexualidade influencia também a nossa saúde física e mental. "

Organização Mundial de Saúde


Portuguese do it better? Portuguese do it more often?

Segundo um estudo realizado por uma marca de preservativos no ano de 2005, que contou com 41 países, os Portugueses têm, em média, 108 relações sexuais anuais, 2 por semana e passam 2/3 do ano sem sexo – fica por saber se há alguma altura do ano com mais ou menos sexo (digo eu).

Os homens são ligeiramente mais activos do que as mulheres (104 e 101 relações anuais, respectivamente).

Contudo, apenas 1/3 dos Portugueses estão satisfeitos com o sexo que tem.

Os Portugueses têm 7 parceiros sexuais por ano, enquanto que nos restantes países esse número sobe para 9.


Experiência sexual dos Portugueses

Relação extraconjugal 24%
Relação a três 12%
Relação homosexual 8%
Sado-masoquismo 2%
Sexo tântrico 8%
Uso de lubrificante 29%
Uso de vibrador 10%
Sexo anal 44%
Relação fortuita 37%
Nenhuma destas 28%

Nenhuma destas significará nada mesmo, ausência total de actividade? 0u algo que não está na lista? É que a meu ver a lista é bastante exaustiva e, que eu tenha dado por isso, só não contempla a troca de casais ou swing…
Ou será mesmo a posição tradicional, só e apenas e quando é? Será sexo com luz, sem luz ou média luz também uma caso a considerar?


Bem, mas os visitantes mais exigentes vão directamente à fonte e exploram o link à vontade... Curioso, no mínimo.


Mas nestas coisas de inquéritos sobre sexo eu sou uma desconfiada… A começar pela confissão das “escapadelas” até às práticas mais kinky, uns exageram para mais e outros tendem para o menos. Além disso, nos estudos já feitos sobre um tema muito interessante (pelo menos do ponto de vista científico) que é a Infidelidade (ou relacionamentos extraconjugais, como alguns Autores preferem) ambos os sexos mentem: as mulheres têm mais parceiros sexuais do que dizem ter e os homens têm muito menos…

Conclusão: alguém dorme com alguém, disso não há qualquer dúvida!

mi910051


26 comments:

Parrot said...

Querida e doçe Eva,

Espero que estejas bem e com ânimo. Espero que estas tuas "ausências" aqui neste teu cantinho apenas signifiquem que estás bem. :))))
Já conhecia este estudo Concordo contigo quando dizes que devemos desconfiar....penso que os homens falam de mais (mania dos "garanhões") e as mulheres, são muito caladas.
:-))))
Quanto a mim....acho que é saudável.:-)))

Bom fim-de-semana e um beijo

Eva Shanti said...

Querido Parrot,

Não tenho tido muitas "ausências", tenho?

Tenho visitado muito menos os outros blogs, lá isso é verdade. Não consigo ter tempo e cabeça para tudo, mas, devagar, tudo vai ao lugar!

Enquanto puder, faço questão de ir actualizando o meu espaço virtual com a frequência habitual. Segredo: tenho muitos posts em draft e muitas ideias sempre a fervilhar!

Sou, por natureza, confiante e positiva e, como já disse anteriormente, tenho objectivos ambiciosos e estou a lutar por eles.

A força de vontade é muito importante em qualquer recuperação.

A única vez que parti uma perna (uma história triste) não precisei de fisioterapia. Porquê? Porque enquanto via televisão, por exemplo, estava sempre a fazer pequenos exercícios e assim exercitei os músculos sem necessidade de mais.

Contudo, obrigada pela tua preocupação.

Bjs e bom FDS!

Parrot said...

Eva, linda

Neste momento o importante és tu, cuida-te.;-))))
Foi um mero comentário. O importante é teres tempo para ti e para os teus objectivos. Isto aqui só tem sentido desde e sempre que não roube tempo às coisas importantes. ;-))
Estou a fazer força por ti. Vais ver que vais conseguir....afinal és forte.

Beijo

Eva Shanti said...

Parrot,

Agradeço-te a ti e a todos a energia positiva que, de uma forma ou de outra, me têm enviado.

Isso significou muito para mim.

:)

Isabel-F. said...

as mulheres têm mais parceiros sexuais do que dizem ter e os homens têm muito menos…
"...

concordo contigo...
mais um belo Post...

onde posso saber sobre sexo tântrico?...gostava de ler...conheces algum local???...ou que tal fazeres um POst sobre o tema???


bom domingo
Bjs

xá-das-5 said...

Ora este estudo reflecte muita hipocrisia.
Onde está o sexo com animais?
Onde está o sexo com a mão amiga (ou dedos)?
Onde está o sexo com prostituta/os?
E mais os há.

Enfim, só para atirar achas para o fogueirão!

De qq forma, estes estudos são sempre isso mesmo. Estudos. Já a começar pelo Kinsley que fez de tudo para chegar a conclusões erróneas e fabricadas (ainda por cima socialmente naquela altura e nos EUA, as coisas eram bastante diferentes)às explicações Freudianas em que tudo é culpa da mãe.
Agora os 44% de sexo anal dão-me vontade de rir...

Eva Shanti said...

Querida Isabel,

Está em preparação um post sobre sexo tântrico.

Acho que é uma forma de sexo que se enquadra numa filosofia de vida e é muito interessante.

De qualquer forma, logo que possível, envio-te alguma informação adicional via mail.

Bjs

Maria Pedro said...

Pois, Evinha, mas a solidão é que é...

Que é isso do sexo e dos casais adúlteros e do swing ou lá que é? O amor é tudo quanto você precisa!

Eu já perdi a vergonha e faço um apelo público lá na tenda, não posso mais com esta solidão!

Wakewinha said...

As coisas que eu acabei de aprender aqui, pah... =P

Eva Shanti said...

Xá,

Desconfio que todas essas "achas" se encontram contempladas na categoria "Nenhuma destas".

Quanto aos 44%... Dá-te para rir para mais ou para menos?

É que quanto a isso há outros estudos com outros números - para mais e para menos.

A verdade é esta: muitos homens dizem tê-lo feito e pouquíssimas mulheres afirmam praticá-lo... Mas alguém o faz!

A minha posição é esta: em sexo vale tudo desde que haja consentimento e nos sintamos confortáveis.

Ninguém pode ser obrigado a fazer o que não gosta ou que, por alguma razão, não se quer fazer.

E faz parte do conceito de "libertação sexual" não ter de dar justificações quando não se quer ter sexo ou não se quer adoptar determinada prática.

Bjs

moonj_Rita said...

Eu cá não concebo sexo sem amor.

Eva Shanti said...

MP,

Adultério é uma palavra com uma carga negativa e bíblica. Pessoalmente, não tenho nada contra o termo "infidelidade". Há quem prefira a expressão "relação extraconjugal", independentemente de haver casamento ou união de facto.

Também há o termo "affair", usado por Autores anglo-saxónicos, mas nesse não me revejo de todo, pois a origem vem da palavra francesa que significa "assunto ou negócios", e não compreendo é que é uma coisa tem a ver com a outra.

De qualquer forma, feel free, para dares o nome que bem entenderes às relações extra-qualquer-coisa e aos que "pulam a cerca".

Quanto ao Swing ou troca de casais, é o nome que se dá aos relacionamentos em que um casal admite que o parceiro tenha sexo ou contactos de índole sexual com terceiros. Implica exibicionismo (um exibe-se tendo sexo ou seduzindo um terceiro), implica voyerismo (porque um tem prazer em ver o outro em actividades sexuais com um terceiro) e implica troca (ou swap) de parceiro sexual, que pode ser soft ou total.

Há casais que frequentam locais onde procuram outros casais para se relacionarem, assim como a net está cheia de propostas de oferta e procura...

Quanto à solidão, esse é outra situação, outro mundo para explorar.

A matéria que há aqui neste comentários para uns belos posts....

Bjs

Eva Shanti said...

Wakewinha,

;)

Bjs

Eva Shanti said...

MP,

Ainda para ti,

Será que essa proliferação de práticas mais arrojadas e menos compreendidas pela maioria ou até condenadas, uma forma de lidar com a solidão emocional?

Quantos casais sofrem de monotonia sexual e se queixam de rotina na relação? Quantas são as pessoas que estão "acopladas" e emocionalmente sós?

Amor? Afinal o que é isso? Um estado de espírito ou um contexto?

Mais matéria para reflexão...

Bjs

Eva Shanti said...

Moonj_Rita,

Cada um é livre de pensar e se fazer apenas o que se sinta bem e esteja de acordo com a sua maneira de ser e de pensar.

Ninguém tem se ser igual a ninguém, apenas tem de ser igual a si próprio.

Pessoalmente, acho a noção de "sexualidade" proposta pela OMS muito feliz e bem conseguida.

Bjs

mixtu said...

parabéns por este post...
da vida sexual depende a nossa saúde, nas 3 perspectivas da OMS, fisica, psiq. e social.
jinhos

Ana said...

Eva:

Básicamente, o que é importante é que haja sexo... não te parece??

Espero-te bem

beijinhos

Eva Shanti said...

Mixtu,

Obrigada

:)

Bjs

Eva Shanti said...

Ana,

Para mim isso só por si não basta.

Haja sexo sim, mas que seja satisfatório, seja lá o que isso for...

O que é satisfatório para mim pode não ser para ti.

A noção do que é "satisfatório" tem a ver com o que se pretende da relação sexual, com o parceiro que escolhemos e com as nossas necessidades emocionais e sexuais -acho que as duas coisas acabam por estar interligadas e podem ser assimétricas, tudo é variável...

Bjs

Mocho Falante said...

Queres tu dizer...alguém dorme com mais do que um essa é que é a verdade...agora se é ao mesmo tempo ou vai variando isso é outra história, já agora sempre com preservativo que também se usa e tá na moda.

beijocas querida EVA

Eva Shanti said...

Mocho querido,

O preservativo, mais do que estar na moda, faz parte de uma "sexualidade segura", se é que assim se poderá dizer...

Bjs

Terra do Nunca said...

.. às vezes tenho saudades .. e volto .. e vejo que continuas a deslumbrar os teus leitores assíduos .. sei que deves estar quase a fazer anos .. não sei o dia .. mas quero dizer - te que é bom que vivas muitos anos .. onde quer que estejas .. um amigo desaparecido ..

Eva Shanti said...

Terra do Nunca,

De amanhã a um mês é um meu aniversário...

É bom ter amigos, mesmo que desaparecidos...

Bjs

Terra do Nunca said...

.. ainda te lembras? deste amigo desconhecido .. (risos) .. fica bem ..

Joca said...

Se temos a ceteza que alguém anda a dormir com acompanhado...mas temos sempre as duvidas se bem...

Maria said...

O swing é fantástico quando se tem uma relação estável, quando há mta cumplicidade entre o casal. O swing é um ponto alto no amor entre um casal. Pq deixas de querer sér só tu a receber e a dar prazer ao teu parceiro. Sentes-te feliz e excitado por veres o parceiro a ter prazer....
mas isso só quem experimenta é que sabe...
bjs quentes
;)