Monday, October 30, 2006

SA0505Cah01

Abriu ao público no passado dia 15 de Setembro a exposição "Uma questão de sexo(s)", patente no Pavilhão do Conhecimento - Ciência Viva até Agosto de 2007.

Da responsabilidade do centro de ciência belga Technopolis, trata-se de uma exposição activa, uma experiência viva que pretende avaliar quais as diferenças nas aptidões de mulheres e homens portugueses. Portugal é o quarto país a participar no evento.

À entrada da exposição os visitantes recebem uma pulseira com um código de barras que identifica se são do sexo feminino ou masculino; a activação dos módulos da exposição é feita aproximando o código de barras de um leitor, e o desempenho do visitante na tarefa que lhe é colocada é automaticamente contabilizado em função do género.

As tarefas propostas abordam várias áreas: artes, matemática, biologia, geografia, profissões, tecnologia e capacidades físicas.

De acordo com os resultados obtidos na Bélgica, Holanda e Dinamarca, de um modo geral, as mulheres prestam mais atenção aos módulos e dedicam um pouco mais de tempo à sua exploração que os homens.

Contudo, eis a conclusão mais supreendente até ao momento: as diferenças no desempenho verificadas entre os diferentes países são maiores que as registadas entre homens e mulheres, ou seja, tudo indica que as aptidões testadas nesta exposição são mais influenciadas pela cultura que pela genética.

Ele e Ela: arquitectura dos cérebros masculino e feminino - Revista Scientific American, Edição Brasileira

Imperdível: Porque é que os homens nunca conseguirão distinguir os 3 tons de sombra cinza-rato que temos na nossa bolsa de maquilhagem? E porque é que se diz que as mulheres falam de mais? Isto para não falar da capacidade de qualquer mulher tem de fazer duas coisas ao mesmo tempo e que desconcerta qualquer homem... A resposta está na genética!

De qualquer forma, mais importante do que a preocupação com as diferenças, deviamos todos pensar mais nas semelhanças dos seres humanos e na complementariedade dos sexos.

A "maldade" que se segue foi encontrada aqui

crebrohomem

cerebrofeminino

6 comments:

Meia Lua said...

Já fiz o meu testezito :)... e por acaso, já sabia de algumas das coisas que lá estavam e foi só confirmar!!! Diferenças há muitas, e é por isso que tem graça, não é? ;) beijinhos

LR said...

post brilhante, Eva!parabéns.
não fazia ideia de que havia essa exposição...
aqui neste blog estamos quase sempre a aprender. obrigada!
bjs

Eva Shanti said...

Meia Lua,

Acima de tudo, homens e mulheres, somos todos pessoas, né?

LR,

Eu é que agradeço o comentário. Fico sempre feliz por "dar" e com este feedback, recebo de volta mas a dobrar.

Bjs

Rosa said...

Se fôssemos todos iguais, isto também não tinha graça nenhuma, não é verdade? E vivam as diferenças! [Claro que, aqui que ninguém nos ouve, eles às vezes são um bocado diferentes demais!!!] :)

Joca said...

este blog é um brilhante livro...

fiz um teste ( já estava à espera...)

Um beijo de boa noite e bom fim de semana

Eva Shanti said...

Obrigada Joca!

Boa semana para ti também.

Bjs