Monday, December 19, 2005



A descoberta da pólvora? Não me parece!
A generalidade das mulheres tem uma atracção pelo impossível. Por isso se costuma dizer que as mulheres preferem os «sacanas» aos «queridinhos». Não é facto de haver uma forte possibilidade de se ser maltratada ou de vir a sofrer. É o desafio irresistível de moldar alguém, do desafio que é transformar um enfant terrible num verdadeiro príncipe. É também a arrogância de querer mostrar ao mundo que as outras são as outras e que só a «eleita» é capaz de domar a fera, logo não se confunde com o resto da espécie. Talvez por isso, os homens que em relações anteriores mal trataram as parceiras arranjam facilmente uma idealista que se acha com capacidade de reabilitação do «pobre incompreendido». Afinal, o mal estava na outra, a culpa era dela, aquela oferecida…

Mas o tempo dos «feios, porcos e maus», se é que o houve, foi ultrapassado por um novo tipo de homem, e não estou a referir-me ao tipo metrossexual .

Não conheço metrossexuais em Portugal. De qualquer forma, o que poderia atrair mais determinadas mulheres do que a conversão de um giraço gay em «príncipe hetero»? É que mesmo sabendo que se trata de «mercados diferentes», e que um homem gay e uma mulher nunca serão concorrentes cada vez mais o público feminino olha com cobiça para esses jeitosos que andam por aí… Mas um gay só poderá ser correspondido por outro gay, nunca por uma mulher, uma vez que são mundos diferentes.

A televisão, como meio poderoso que é, se, por um lado dismistifica as preferências sexuais do ser humano, também enaltece as qualidades de alguns gays que são tomados como paradigma do «homem ideal». Se pensarmos no lado inverso, as lésbicas também são mostradas como um «sonho de mulher» sendo a fantasia masculina mais recorrente ter sexo com duas lésbicas, correcto? Já num outro sentido, os heterossexuais são apresentados como uns autênticos trogloditas, que vivem sem quaisquer cuidados com a sua aparência, a casa ou a sua vida social. É o perigo de se tomar a parte pelo todo.


A comunidade gay portuguesa anda delirante com o novo reality show, de seu nome original Queer Eye For The Straight Guy, formato lançado em 2003 pela NBC Universal Studios nos States. Sobre o programa em si não me pronuncio. Não sou espectadora de nenhuma das versões, a portuguesa exibida num canal generalista e a segunda num canal de TV por Cabo.


Pronuncio-me, sim, relativamente aos moços, pois são de uma forma geral, bem apessoados e interessantíssimos. Diria mesmo, autênticos poços de sabedoria dessas coisas de estilo, etiqueta e bom gosto.

Homens hetero de Portugal, abram os olhos, porque há muito espaço para melhorar. Não é preciso chegar-se ao cúmulo do metrossexualismo, mas, como se diz agora: «há mínimos!».

Mulheres portuguesas, cuidado com as ilusões! É tentador pensar que um gay compreende melhor a alma feminina, que por teimosia, capricho ou desafio é possível ter-se um relacionamento emocional e/ou sexual com um gay.Mas não se pode ir contra a natureza, e contra factos não há argumentos.



Queer Eye For The Straight Guy: Ted Allen (Gastronomia), Kyan Douglas (Aparência), Thom Filicia (Decoração), Carson Kressley (Moda) e Jai Rodriguez (Cultura).

Foto 1: anúncio CK Obsession

41 comments:

Arawn S said...

.. um homem deve ser simples em todos os aspectos .. ter apenas uma palavra e um coração recto .. o resto é muito lindo .. mas não leva a lado nenhum .. .. quanto ao ser alto, magro, rico, sensível e inteligente .. vestido de Armani e a cheirar a Ives S. L. .. é tudo pura ilusão .. porque o essencial é invisível aos olhos .. já dizia o principezinho ..

xá-das-5 said...

Ah ele é isso!!!!!!!!
Confesso que nunca tinha percebido na totalidade a razão que leva as mulheres sempre a meterem-se na mesma armadilha. Inclusivé, tenho amigas que o fazem e que nunca me souberam (ou não quiseram) facilitar-me a evidência.
E afinal é tão simples...
Obrigado Eva. Nunca fui um badboy mas também nunca é tarde para começar. :)

Quanto aos gays, só tenho um reles comentário a fazer: estou farto!
O engraçado é que tenho amigos gays e eles estão... fartos!
Demasiada importância. Demasiados lobbies.
Eu até tenho uma teoria da conspiração sobre a situação:
Os machos fascizóides que não os toleram perceberam, há uma dúzia de anos, que todo o movimento, apoio, solidariedade e etcs eram impossíveis de travar. A ascenção aos poderes pela parte dos gays era uma questão de tempo. Havia os escondidos, havia os oferecidos. Mas todos lutavam como um todo para conseguir ultrapassar obstáculos, temores, proibições e exclusões.
Os machos fascizóides não são, de todo, parvos. E decidiram uma outra estratégia: o dar-lhes tudo e todos. O garantir de uma over-exposure tão rápida quanto nefasta. É que os machos sabem que tudo o que é demais, farta. Muito depressa.
E pelos vistos...

Olha... vou emailar esta ideia ao Dan Brown... com eclesiásticos metidos ao barulho e um novo papão como o actual, cheira-me a best seller.

Armando S. Sousa said...

Não gosto da palavra gay, para designar individuos que gostam de homens.
Prefiro a palavra portuguesa, paneleiro. Não sou dado a estrangeirismos.
Hoje há muitos heterossexuais que ultrapassaram a fase troglodita e são bem arranjados, preocupam-se com a casa, sabem cozinhar e ainda conseguem ser cavalheiros.
Um abraço.

Nuno said...

Bom post.

Só gostaria de dizer que eu a vejo a metrossexualidade como uma expressão de uma nova masculinidade. Cada vez mais, o esteriótipo do "feio, porco e mau" dá lugar a um tipo de homem mais sensível que se preocupa com a sua aparência.

E já agora, o texto do Wikipedia na versão inglesa sobre o "metrossexual" é bem melhor do que o da versão portuguesa.

Maria Pedro said...

Querida Eva, adorei o teu texto, mas tenho de confessar que não estive muito concentrada. O texto era longo e quando eu olhava para baixo perdia de vista a parte de cima... aquele tronco, ai aquele tronco...

Eva Shanti said...

Arawn S,

Regra nº 1 em Mkt e Vendas: a embalagem conta muito!

Temos pena, mas a realidade é mesmo essa.

Xá-das-5,

Confessa que andas aprender umas coisitas comigo... Depois de descobrires «Tudo sobre Eva», começaste a olhar para a vida com outros olhos... Qualquer dia tenho o sexo feminino zangado, porque o segredo sempre foi a alma do negócio...

Quanto ao Dan Brown, atenção aos direitos de autor, porque a ideia base é minha e tenho direito a uns trocos, não?

Armando,

Quis exactamente dizer que, naqueles programas, arranjam uns caramelos tão básicos e tão cavernosos, que até parece que os hetero são todos assim. É o perigo de tomar a parte pelo todo!

Mas, por favor, vamos ser civilizados: gay ou homossexual.

Nuno,

Obrigada pela tua visita. Confesso que tenho em mente debruçar-me sobre o tema da «emancipação do homem» nos dias de hoje e como é vista essa nova masculinidade. É que nada está fácil. E quanto a temas para novos posts, eles surgem à velocidade da luz! Hei-de lá chegar!

Maria Pedro,

Pois é verdade... Aquele tronco é LINDO!

Bjs a todos!

Armando S. Sousa said...

Eva,
Desculpa o termo usado acima.
Realmente não o costumo utilizar, mas é verdade que também não costumo utilizar gay, mas sim homossexual.
Eu pessoalmente, não tenho nada contra os homossexuais, excepto a sua manifesta falta de gosto nas escolhas sexuais.
Beijinhos.

Eva Shanti said...

Armando,

Tá tudo explicadíssimo! Não levei a mal.

Mas já agora, os meus amigos gay preferem que se utiliza «gay» em vez de «homossexual», é mais... alegre! Eu considero que são ambas maneiras correctas de nos referirmos a homens que se sentem atraídos física e emocionalmente por outros homens.

Gay também é utilizado para designar uma mulher que prefere sexualmente as outras mulheres.

Em Inglês (não sei se British se dos States - haverá por aí pessoas mais entendidas) usa-se muito a expressão: «She´s gay» em vez de «She´s a lesbian».

Bjs

Eva Shanti said...

Ah! Quanto a gostos, não se pode discutir!

São «mercados» diferentes, só isso.

:)

moonj_Rita said...

Aqueles abdominais é que eram D. Evita!

moonj_Rita said...

arawn s: para mim um homem deve ser simples...mas o principal para mim é que seja inteligente e tenha sentido de humor. Á partida se não possuir essas qualidades, desmotiva-me por completo.

Eva Shanti said...

Moonj_Rita,

Inteligência - super-importante! É o que mais aprecio num homem. Sem isso nada feito!

Humor - fazer rir é o meio caminho andando!

Concordo 100%: um homem assim, faz balançar!

Claro que não é tudo, faltam algumas coisitas mais.

E se juntarmos uns bons abdominais, oh oh...

:) ;)

Bjs

Meia Lua said...

Eu não gostaria de ter um homem que usasse mais cremes do que eu!!! E que demorasse mais tempo do que eu para se arranjar..Nem pensar...
Mas como li num post anterior, a embalagem conta muito.. por isso nem 8 nem 80!
Simples, inteligentes, com bom humor e com "algo mais"...
Quanto aos gays... que sejam felizes na sua forma de ser.
bjinho

wind said...

De tudo o que escreveste só quero salientar que de facto um gay é um gay e nós não podemos iludirmo-nos sobre isso. Só há a respeitar a opção deles, tal como eles /elas devam respeitar a nossa opção.

Eva Shanti said...

Exactamente, um gay é um gay. O problema está, e isso não acontece tão pouco como isso, quando uma mulher se apaixona por um gay e nunca poderá ser correspondida; imagina também que o gay gostaria de poder apaixonar-se por essa mulher, pois eles dão-se tão bem em tanta coisa, mas ele sabe que nunca a poderá fazer feliz, como mulher, entenda-se...

E mais, há aí uma série de gays que são uma séria tentação. Mas não vale a pena forçar: são gays, pronto!

Isto também me faz lembrar uma história de uma amiga que bem tentou desencaminhar um seminarista, um Keanu Reeves em bruto, vindo directamente de Trás-os-Montes para a capital, por causa da licenciatura em Teologia. Ela bem tentou ser persuasiva, mas o moço só sonhava em ser missionário em África... É que não vale a pena forçar!

Bjs

mixtu said...

Mulheres...cuidado, ouçam a eva :)))))

Arawn S said...

.. agora a mercadoria somos nós .. sinceramente .. o amor não se compra, felizmente .. e fica lá com a embalagem .. o resto que se f. .. e então a problemática da violência conjugal? .. da mulher objecto? .. da mulher violada nas suas várias vertentes? .. pra agora dizer essas pérolas .. da sabedoria .. tá certo .. és um anjo da contradição .. nem os teus próprios valores defendes ..

As Musas said...

Minha querida EVA, vê lá se escreves menos looololololo e nemos polémica pá!
Demorei mais tempo a ler os comentários que o texto, ufaa.
Já me perdi e já nem sei o que comentar, vês?

xá-das-5 said...

O que eu acho mesmo é que há aqui gente com problemas de escolha...
Não é que seja nefasto. Mas é turbulento.

Eva Shanti said...

Arawn S,

Ainda bem que vives num mundo ideal em que só se olha para a beleza interior e não para a beleza física.

No mundo em que «eu» vivo, mesmo não concordando, a maioria das pessoas olha para a embalagem (mesmo que diga que não) e alguns homens tratam as mulheres como como objectos, como meras coisas.

Mas nem tudo é mau. Dentro do possível no «meu mundo», há liberdade de expressão (blog) e liberdade de opinião (comentários não censurados).

Bjs

Eva Shanti said...

Musas,

Sabes que simpatizo muito contigo, independentemente das opiniões que possamos ter.

Eu disse no dia 1 que «Espero que Eva encontre o seu lugar na blogoesfera, que seja provocadora, divertida, determinada, sempre independente e corajosa, digna do ícon do Universo feminino».

Claro que tudo é discutível, mas eu acho que a Eva se anda a portar bem, pelo menos, porta-se como «eu» quero.

Talvez devesse mudar o nome do blog para «Tudo sobre Lilith», mas, não me parece, pois a minha Eva é igual a ela própria e submissão não é uma das suas caracteríscas.

Bjs

Rosa said...

Creio que tudo isso já foi verdade. Hoje, é cada vez menos. As mulheres sabem cada vez melhor o que querem, o que merecem, e, por causa disso, os sacanas e os gays perderam muito do seu "encanto"... :)

As Musas said...

EVA miga ... eu táva a brincar -:( eu gosto tantos dos teus posts e ainda bem que são polémicos...assim é que se aprende, se discute opiniões, enfim, se mantém uma conversa onde se tira sempre algo de útil.
Um gosta da EVA, ná mudes a EVA.
JINHOS GRandes e Um Natal cheio de carinho.

Arawn S said...

Tens toda a razão Eva .. a culpa não é tua .. nem de ninguém .. é dos mundos .. e ah .. quanto à liberdade de expressão e opinião .. tamos conversados .. ou não fosses tu a Eva Shanti .. bjos ..

Luis Olival said...

Sou um sacana queridinho :)

Mocho Falante said...

Minha querida,

Aqui estou eu para te dar um grande beijo de FELIZ NATAL e que todos os teus sonhos se concretizem que bem mereces.........

Beijocas muiiiito doces

Mocho Falante said...

Minha querida,

Aqui estou eu para te dar um grande beijo de FELIZ NATAL e que todos os teus sonhos se concretizem que bem mereces.........

Beijocas muiiiito doces

Eva Shanti said...

Musas querida,

Só me estava a fazer entender. Sabes bem que gosto muito de ti!

Boas Festas!

Mas falamos, entretanto.

Bjs, Miga

xá-das-5 said...

Aqui deixo o meu desejo de desejar que todos concretizem os desejos que desejaram.
Boas natas!!!
especialmente para ti, eva, visto que estou a postar onde estou :)

Leonoretta said...

nao conhecia a expressao. e gostei do artigo. bem aproveitado o tempo de le-lo.

feliz natal eva.

Dilbert said...

Oi miguinha,
Vim aqui deleitar-me com as novidades do teu Bloguinho e... poxa... um tipo não pode deixar cá de vir um minuto que seja... isto é que tem sido produção gaiata :) vou ter de me pôr a devorar estes Posts todos... eheheh, ainda por cima com informações e conceitos que nem sabia que existiam (ex: Metrossexual)
Como deves ter calculado, nestes últimos meses de 2005 tenho sido uma desgraça em matéria de tempo em geral e para a net em particular :(
Espero que o Pai Natal me ponha no sapatinho mais tempo para 2006...
Aproveito para te deixar aqui os meus votos sentidos de um Feliz e Santo Natal extensivos a todos os que te são queridos.
Complemento ainda com desejos de um 2006 repleto de sucessos pessoais e profissionais.
Beijokas Natalícias

Su said...

passei para desejar-te um feliz natal e um ano novo cheio de coisas belas, para ti e todos os teus

depois volto para ler-te atentamente

mil jocas maradas de natal

Maria Pedro said...

Eva, tenho de me ir embora e tu ainda tás a dormir... Aqui fica um bilhete:
Feliz Natal!!!

Tita - Uma mulher, Um blog, algumas palavras said...

" SÓ EXISTEM DOIS DIAS NO ANO EM QUE NADA PODE SER FEITO. UM CHAMA-SE ONTEM E OUTRO AMANHÃ, PORTANTO, HOJE É O DIA CERTO PARA AMAR, ACREDITAR, FAZER E PRINCIPALMENTE VIVER!"
FELIZ NATAL!!!!!

Caracolinha said...

Eva, minha muito querida amiga !!!!

Saí directamente da casquinha para deixar os desejos de um NATAL cheinho só de coisas boas ... tudo, mas tudo o que houver de melhor são os meus mais sinceros desejos.

Uma beijoca encaracolada em forma de bola de Natal :)

Isabel-F. said...

Querida Eva,

Que o Natal,
em lugar de ser apenas uma data,
seja um estado de espírito
a nos orientar a vida, permanentemente.
Os meus votos para ti e familiares de que este Natal
traga alegria, paz e muita felicidade
para todos os dias do Ano Novo.
Beijinhos,
da Isabel Filipe

Meia Lua said...

Eva, para ti envio uma mensagem de Natal carregada de esperança, amor, alegria... que a sintas como preferires, à tua maneira, com a tua emoção, com o teu "ser".
Um beijinho

adesenhar said...

contra factos não há argumentos.

por isso deixo aqui o meu postal de Boas Festas :)
:)

Vespinha said...

Olá!
Venho desejar-te 1 feliz Natal com tudo o que mais desejas!

Beijinho da Vespinha

Ahraht said...

Venho desejar-te um Feliz Natal e mandar-te um beijo.

Eva Shanti said...

Agradeço a visita de todos!

Agradeço e retribuo todos os votos de Boas Festas!

Luís Olival, para ti uma palavra especial, a ti que és um «sacana»: há mercado para tudo! Nem que seja, um nicho de mercado!

Bjs