Thursday, December 15, 2005



AMOR do Lat. amore

s. m.,
viva afeição que nos impele para o objecto dos nossos desejos;
inclinação da alma e do coração;
objecto da nossa afeição;
paixão;
afecto;
inclinação exclusiva;

ant.,
graça, mercê.

com -: com muito gosto, com zelo;
fazer -: ter relações sexuais;

loc. prep.,
por - de: por causa de;
por - de Deus: por caridade;
ter - à pele: ser prudente, não arriscar a vida;
- captativo:vd. amor possessivo;
- conjugal: amor pelo qual as pessoas se unem pelas leis do matrimónio;
- oblativo: amor dedicado a outrem;
- platónico: intensa afeição que não inclui sentimentos carnais;
- possessivo: amor que leva a subjugar e monopolizar a pessoa que se ama; o m. q. amor captativo.

Definição em www.priberam.pt

Definição de Amor por Emilie Litré em Dicionário da Medicina e Cirurgia, 1875: um conjunto de fenómenos cerebrais...

photo by Stone Boy in www.flickr.com

15 comments:

Esplanando said...

"Um conjunto de fenómenos cerebrais..."

Realmente... há cada definição!
Mas, por outro lado, é um fenómeno quando o amor acontece.

Luis Olival said...

desenvolve o tema.

Arawn S said...

Quanto mais falas, menos me amas .. e menos te consigo amar .. fica bem .. bjs ..

Desconhecida said...

Ai o amor, o amor...será que conseguimos defenir o que é? Penso que não, apenas conseguimos sentir.

Maria Pedro said...

Ai, Eva, não é boa altura pra falares nisso... Vamos antes beber um copo e contar anedotas

Vespinha said...

Só falta dizer,que ninguém vive sem ele,certo???

Beijinhos

Armando S. Sousa said...

Definição do senhor Armando Ésse, blogueiro nos tempos livres: Amor não existe, existem provas de amor.
Posso documentar a ideia, apesar de não ter demasiado tempo.
Um abraço

Eva Shanti said...

Esplanar,

Obrigada pela tua visita. E obrigada por considerares na teu «esplanando» que «Tudo sobre Eva» é uma boa mesa... Espero continuar dentro dessa tua classificação.

Luís Olival,

Aqui, não se dá ponto sem nó. Já a seguir, o desenvolvimento.
Gostei do teu blog, pois tem uma coisa que a mim me toca muito: boas fotos a preto e branco!

Arawn s,

Falar não é uma perda de tempo, é uma forma de partilha. Para mim amor é partilhar, para ti não?

Desconhecida,

Pois é isso mesmo. Ainda está para vir quem consiga definir o amor. Acho que cada um tem a sua definição, mais ou menos científica. Serão as definições uma perda de tempo? Ou faz parte dp ser humano classificar, catalogar?

Maria Pedro,

É sempre boa altura para falar de amor, mesmo quando estamos em época de «ressaca amorosa». Também é sempre bom falar de copos... Copos, festa, amigos, gente nova... Tem tudo a ver!

Vespinha,

Pois é, de uma forma ou de outra, não vivemos sem amor. Amor, seja lá de que espécie for...

Armando,

Essa é uma sábia definição. Não são precisas provas. É um pouco como felicidade, não sabemos exactamente o que isso é, todos a procuramos, mas aquilo que realmente temos são momentos de felicidade, certo?

Conto com o feedback de todos no próximo post.

Bjs!

Rui said...

Continuo sem saber o que é. Defeito meu, eu sei.

Eva Shanti said...

Rui,

Não és o único!

Eu ando com uma dúvida insanável que vou colocar à discussão de todos.

Talvez se consiga fazer luz!

Bjs

Rosa said...

Ora aí está um conceito que jamais caberá numa definição dessas de dicionário.

Eva Shanti said...

Rosa,

Pois é, não pode ser uma definição de dicionário, quando muito, uma tentativa de definição.

Bjs

brgigas said...

Já fiz esse post no meu blog, para o amor e a paixão lol
Definição complicada não!!??
Depois escrevi também, ninguém sabe o que é o amor sobre o amor tanta coisa há a dizer mas dizer para que? No amor o que importa é sentir e viver esse sentimento esse amor. Vive então, deixa a definição, esquece o que se diz e simplesmente sente essa paixão.

Eva Shanti said...

Olá brgigas!

Afinal andamos todos à procura do mesmo... Que engraçado termos tido a mesma ideia. Ando a «estudar» o assunto e achei que este era um bom ponto de partida.

Fico à espera de feedback no próximo post!

Obrigada e bjs

moonj_Rita said...

Lindo!